Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

No meu Palato

No meu Palato

Duorum 2017 e Marquês de Borba 2018 | 2 Tintos, cassis e uma ilha deserta

"Desde que a viagem à ilha desconhecida começou que não se vê o homem do leme comer, deve ser porque está a sonhar, apenas a sonhar, e se no sonho lhe apetecesse um pedaço de pão ou uma maçã, seria um puro invento, nada mais." José Saramago

Duorum 2017Como vos tinha prometido, devido aos tempos instáveis que vivemos vou passar a dar mais ênfase ao Cá por casa, sendo os destaques de hoje o Duorum Tinto 2017 e o Marquês de Borba Tinto 2018

Duorum 2017O Duorum Colheita 2017 (13€, 85 pts.) destaca-se pela sua cor vermelha viva e auréola violeta e pelo aroma puro, intenso, fresco e complexo onde prevalecem os frutos maduros, como a amora, a ameixa, a cereja e o cassis, balanceados por algumas notas florais de esteva e violetas.  É encorpado, fresco, com bom volume e taninos firmes, maduros e suaves.

Duorum 2017Um vinho com qualidade e classe, cuja acidez e fruta genuína acompanhou na perfeição umas Pernas de frango do campo (da minha sogra ;)) com estufado de ervilhas e cebola (podem encontrar a receita no final da publicação).

Duorum 2017Para uma opção "mais em conta" sugiro o Marquês de Borba Tinto 2018 (6€, 82 pts.), com uma excelente concentração aromática, boa intensidade e notas tão bonitas quanto equilibradas a amora, cassis e compota de frutos silvestres. 

Duorum 2017 e Marquês de Borba 2018Na boca tem os predicados para aguentar a voluptuosidade  e frescura do prato: fruta fresca, acidez e taninos suaves mas presentes.  

Marquês de Borba 2017Relativamente ao prato que escolhi para harmonizar com estes vinhos, Mar Sargeant, o Chef principal do restaurante Claridge's  (Londres) e braço direito de Gordon Ramsay diz muitas vezes que este é aquele que levaria para uma ilha deserta. As ervilhas estufadas com cebolinha em pickle são semelhantes às usadas na receita do clássico francês Petits pois à la française, à qual fiz algumas alterações, nomeadamente o uso do forno, do whiskey, do tomate, do majericão e da noz-moscada. 

Duorum 2017

Pernas de frango do campo com estufado de ervilhas e cebola (para 2 pessoas e uma Bia ;)):

-Aquecer o azeite numa frigideira grande (2 colheres de sopa de azeite), temperar as pernas com sal, pimenta, alho e noz-moscada;

-Fritar as pernas 5 minutos de cada lado (até começarem a ganhar um tom alourado escuro); 

-Adicionar o tomilho (4 raminhos, sejam generosos), 20g de manteiga, 2 colheres de sopa de whiskey, 50 ml de polpa de tomate, uma colher de sobremesa de manjericão e 150 ml de água. Transferir para uma assadeira e levar ao forno durante uma hora a 180ºC (com o grill ligado). (Não lavem a frigideira porque vão precisar dela mais à frente). Vão regando o frango com o molho de 10 em 10 minutos, e quando já tiver grelhado 25 minutos de cada lado (comecem com a parte da pele virada para cima), ponham o forno a 210 ºC para tostar a pele das pernas;

-15 minutos antes das pernas estarem prontas e na mesma frigideira que fritaram as pernas, derretam 25g de manteiga em lume médio e acrescentem 200g de cebola pérola em pickle (vai dar uma acidez espectacular ao prato).  Passados 10 minutos e depois das cebolas já estarem macias, adicionem 2 raminhos de tomilho, 400g de ervilhas (se usarem congeladas descongelem antes), 200g de couve lombarda picada grosseiramente e 150 ml de água;

-Rectifiquem os temperos e depois da água ter evaporada quase toda, retirem as pernas no forno e coloquem-nas numa travessa. O suco que sobrou do assado acrescentem-no à frigideira onde estão as cebolinhas, a couve e as ervilhas (reservem duas colheres de sopa desse suco);

-Para empratar, coloquem as cebolinhas, a couve e as ervilhas num prato e ponham a perna por cima. Reguem a perna com o restante suco do assado.

Esta é a minha receita de frango favorita e só faz sentido usarem-na com frango caseiro. Bom apetite ;)